• A pista & a razão: Uma história fragmentária da narrativa policial

    Júlio Pimentel Pinto

    e-galáxia

    Este livro é composto de cinco ensaios, que podem ser lidos separada ou associadamente. Neles o historiador Júlio Pimentel Pinto busca os fios da história da literatura policial.

    "No princípio era Poe", ensaio de abertura, propõe um panorama histórico assistemático da origem dos relatos de enigma, insistindo na primazia poeana e identificando a constituição de procedimentos e métodos investigativos compartilhados pela polícia real e por policiais imaginários.

    "Borges, autor de policiais" analisa a peculiaridade dos policiais borgeanos escritos na obra individual e na obra em colaboração com Adolfo Bioy Casares.

    "A zona indeterminada do real" busca a emergência e os deslocamentos do policial em escritos de Ricardo Piglia.

    "O silêncio da Sicília" discute aspectos das obras de Leonardo Sciascia e Andrea Camilleri, suas narrativas policiais ocasionalmente sem elucidação e a expressão do gênero como denúncia política.

    "Notas da zona de sombras" recorre ao alemão W. G. Sebald como ponto de partida para esboçar as considerações finais deste trabalho.

    Ler mais Ler menos
    Pré-venda
    Este livro será lançado em
    Oba, você já comprou esse livro! Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Você já possui este livro através da parceria Skeelo + {partner} Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Páginas 264
    Peso do arquivo 0.77MB
    Ano da publicação 2019

    Sinopse

    Este livro é composto de cinco ensaios, que podem ser lidos separada ou associadamente. Neles o historiador Júlio Pimentel Pinto busca os fios da história da literatura policial.

    "No princípio era Poe", ensaio de abertura, propõe um panorama histórico assistemático da origem dos relatos de enigma, insistindo na primazia poeana e identificando a constituição de procedimentos e métodos investigativos compartilhados pela polícia real e por policiais imaginários.

    "Borges, autor de policiais" analisa a peculiaridade dos policiais borgeanos escritos na obra individual e na obra em colaboração com Adolfo Bioy Casares.

    "A zona indeterminada do real" busca a emergência e os deslocamentos do policial em escritos de Ricardo Piglia.

    "O silêncio da Sicília" discute aspectos das obras de Leonardo Sciascia e Andrea Camilleri, suas narrativas policiais ocasionalmente sem elucidação e a expressão do gênero como denúncia política.

    "Notas da zona de sombras" recorre ao alemão W. G. Sebald como ponto de partida para esboçar as considerações finais deste trabalho.

    Ler mais Ler menos

    Ficha técnica

    • Autor(a) Júlio Pimentel Pinto
    • Tradutor(a)
    • Gênero Teoria e Crítica Literária
    • Editora e-galáxia
    • Páginas 264
    • Ano 2019
    • Edição
    • Idioma Português
    • ISBN 9788584742493
    • Peso do arquivo 0.77MB