• Amálgama

    Rubem Fonseca

    Nova Fronteira

    Vencedor do prêmio Jabuti 2014! Neste seu mais novo livro, Rubem Fonseca mostra que mesmo um autor consagrado, reconhecido pela crítica e pelo público, dono de uma dicção autoral tão singular, pode surpreender, trazendo para o seu texto o frescor da inovação. Aliás, essa é a marca dos grandes artistas, eles conseguem transitar na contramão das nossas expectativas e exatamente por isso acabam provocando tamanha admiração.Nos 34 textos amalgamados aqui, o novo se mostra bem evidente na diversidade de gêneros e por vezes na mistura deles. Poemas, contos, prosa poética e poesia narrativa, tudo é usado para compor um painel heterogêneo de situações que vão do casal sem diálogo ao pai que manda o filho à guerra por amor; do idoso com Alzheimer ao escritor em crise porque seu livro encalhou nas prateleiras.Permeando esses dramas invisíveis que acontecem em meio à correria e ao anonimato dos grandes centros urbanos, percebe-se com muita nitidez uma vontade de discutir sobre a própria escrita, seja nas repetições obsessivas de determinado assunto ou referência, seja nas remissões a outros autores, seja enfim em textos que falam de escritores e editores e definem o ato de escrever como "rever, rever, rever". Amálgama traz de tudo um pouco e promete agradar a leitores de todos os gostos, pois é mais uma vigorosa amostra do talento literário desse que é um dos maiores autores brasileiros contemporâneos, que diz com todas as letras que não escreve para dar sono.
    Ler mais Ler menos
    Oba, você já comprou esse livro! Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Você já possui este livro através da parceria Skeelo + {partner} Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Páginas 160
    Peso do arquivo 2.35MB
    Ano da publicação 2014

    Sinopse

    Vencedor do prêmio Jabuti 2014! Neste seu mais novo livro, Rubem Fonseca mostra que mesmo um autor consagrado, reconhecido pela crítica e pelo público, dono de uma dicção autoral tão singular, pode surpreender, trazendo para o seu texto o frescor da inovação. Aliás, essa é a marca dos grandes artistas, eles conseguem transitar na contramão das nossas expectativas e exatamente por isso acabam provocando tamanha admiração.Nos 34 textos amalgamados aqui, o novo se mostra bem evidente na diversidade de gêneros e por vezes na mistura deles. Poemas, contos, prosa poética e poesia narrativa, tudo é usado para compor um painel heterogêneo de situações que vão do casal sem diálogo ao pai que manda o filho à guerra por amor; do idoso com Alzheimer ao escritor em crise porque seu livro encalhou nas prateleiras.Permeando esses dramas invisíveis que acontecem em meio à correria e ao anonimato dos grandes centros urbanos, percebe-se com muita nitidez uma vontade de discutir sobre a própria escrita, seja nas repetições obsessivas de determinado assunto ou referência, seja nas remissões a outros autores, seja enfim em textos que falam de escritores e editores e definem o ato de escrever como "rever, rever, rever". Amálgama traz de tudo um pouco e promete agradar a leitores de todos os gostos, pois é mais uma vigorosa amostra do talento literário desse que é um dos maiores autores brasileiros contemporâneos, que diz com todas as letras que não escreve para dar sono.
    Ler mais Ler menos

    Ficha técnica

    • Autor(a) Rubem Fonseca
    • Tradutor(a)
    • Gênero Literatura Mundial
    • Editora Nova Fronteira
    • Páginas 160
    • Ano 2014
    • Edição
    • Idioma Português
    • ISBN 9788520939420
    • Peso do arquivo 2.35MB