• Crítica da colonialidade em oito ensaios: e uma antropologia por demanda

    Rita Segato

    Bazar do Tempo

    Os textos reunidos neste livro resultam da interseção de duas posições teórico-políticas defendidas pela antropóloga argentina Rita Segato: a perspectiva crítica da colonialidade do poder e uma prática disciplinar que a autora denomina antropologia por demanda, pressupondo uma inversão do próprio trabalho etnográfico, que passa a se colocar a serviço das "demandas" de comunidades e povos, seus objetos de estudo. A partir dessa nova perspectiva, Rita Segato – uma das intelectuais e feministas mais influentes da contemporaneidade – constrói um sólido repertório conceitual abordando questões urgentes de nosso tempo, como as hierarquias de gênero e de raça agravadas pelo processo da colonial-modernidade, a universalidade dos direitos humanos, a violência contra as mulheres. Costurando todos estes ensaios está um projeto histórico alternativo, de valores próprios e intencionalmente disfuncional ao capitalismo. Rita Segato nos oferece um pensamento original e engajado, forjado em décadas de pesquisas, ativismo e do magistério, tendo o Brasil como principal campo de atuação e análise. A leitura da obra nos convoca, portanto, a um necessário – e muitas vezes incômodo – processo de autorreflexão.
    Ler mais Ler menos
    Pré-venda
    Este livro será lançado em
    Oba, você já comprou esse livro! Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Você já possui este livro através da parceria Skeelo + {partner} Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Páginas 346
    Peso do arquivo 1.69MB
    Ano da publicação 2021
    Tradutores(as) Danú Gontijo, Danielli Jatobá

    Sinopse

    Os textos reunidos neste livro resultam da interseção de duas posições teórico-políticas defendidas pela antropóloga argentina Rita Segato: a perspectiva crítica da colonialidade do poder e uma prática disciplinar que a autora denomina antropologia por demanda, pressupondo uma inversão do próprio trabalho etnográfico, que passa a se colocar a serviço das "demandas" de comunidades e povos, seus objetos de estudo. A partir dessa nova perspectiva, Rita Segato – uma das intelectuais e feministas mais influentes da contemporaneidade – constrói um sólido repertório conceitual abordando questões urgentes de nosso tempo, como as hierarquias de gênero e de raça agravadas pelo processo da colonial-modernidade, a universalidade dos direitos humanos, a violência contra as mulheres. Costurando todos estes ensaios está um projeto histórico alternativo, de valores próprios e intencionalmente disfuncional ao capitalismo. Rita Segato nos oferece um pensamento original e engajado, forjado em décadas de pesquisas, ativismo e do magistério, tendo o Brasil como principal campo de atuação e análise. A leitura da obra nos convoca, portanto, a um necessário – e muitas vezes incômodo – processo de autorreflexão.
    Ler mais Ler menos

    Ficha técnica

    • Autor(a) Rita Segato
    • Tradutor(a) Danú Gontijo, Danielli Jatobá
    • Gênero Antropologia
    • Editora Bazar do Tempo
    • Páginas 346
    • Ano 2021
    • Edição
    • Idioma Português
    • ISBN 9786586719673
    • Peso do arquivo 1.69MB