• Dando uma de Puta: A luta de classes das profissionais do sexo

    Melissa Gira Grant

    Autonomia Literária

    A indústria do sexo é uma fonte inesgotável de drama lascivo para a grande mídia. Nos últimos anos, assistimos a um pânico generalizado em relação aos "distritos da luz vermelha online", que supostamente seduzem mulheres jovens e vulneráveis para uma vida de degradação. A tendência atual de escrever e descrever experiências reais de trabalho sexual alimenta uma cultura obcecada pelo comportamento das profissionais do sexo. Raramente esses relatos temerosos vêm das próprias trabalhadoras, e nunca se desviam da posição – comum entre feministas e conservadoras – de que essa industria deve ser abolida e as trabalhadoras devem ser resgatadas de sua condição. Melissa Gira Grant vira essas devoções de cabeça para baixo, defendendo uma reformulação na forma como pensamos o trabalho sexual. Com base em dez anos de escrita e reportagem sobre o comércio do sexo e fundamentada em sua experiência como organizadora, defensora e ex-trabalhadora desse mercado, Dando uma de puta desmantela os mitos generalizados sobre o tema, critica ambas as condições dentro da indústria do sexo e sua criminalização, e argumenta que separar esse trabalho da economia "legítima" só prejudica aqueles que realizam trabalho sexual. Aqui as demandas das profissionais do sexo, por muito tempo relegadas às margens, ocupam o centro do palco: o trabalho do sexo também é trabalho, e os direitos das profissionais do sexo são direitos humanos.
    Ler mais Ler menos
    Pré-venda
    Este livro será lançado em
    Oba, você já comprou esse livro! Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Você já possui este livro através da parceria Skeelo + {partner} Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Páginas 189
    Peso do arquivo 0.53MB
    Ano da publicação 2021
    Tradutor(a) Lisa Santana

    Sinopse

    A indústria do sexo é uma fonte inesgotável de drama lascivo para a grande mídia. Nos últimos anos, assistimos a um pânico generalizado em relação aos "distritos da luz vermelha online", que supostamente seduzem mulheres jovens e vulneráveis para uma vida de degradação. A tendência atual de escrever e descrever experiências reais de trabalho sexual alimenta uma cultura obcecada pelo comportamento das profissionais do sexo. Raramente esses relatos temerosos vêm das próprias trabalhadoras, e nunca se desviam da posição – comum entre feministas e conservadoras – de que essa industria deve ser abolida e as trabalhadoras devem ser resgatadas de sua condição. Melissa Gira Grant vira essas devoções de cabeça para baixo, defendendo uma reformulação na forma como pensamos o trabalho sexual. Com base em dez anos de escrita e reportagem sobre o comércio do sexo e fundamentada em sua experiência como organizadora, defensora e ex-trabalhadora desse mercado, Dando uma de puta desmantela os mitos generalizados sobre o tema, critica ambas as condições dentro da indústria do sexo e sua criminalização, e argumenta que separar esse trabalho da economia "legítima" só prejudica aqueles que realizam trabalho sexual. Aqui as demandas das profissionais do sexo, por muito tempo relegadas às margens, ocupam o centro do palco: o trabalho do sexo também é trabalho, e os direitos das profissionais do sexo são direitos humanos.
    Ler mais Ler menos

    Ficha técnica

    • Autor(a) Melissa Gira Grant
    • Tradutor(a) Lisa Santana
    • Gênero Sociologia
    • Editora Autonomia Literária
    • Páginas 189
    • Ano 2021
    • Edição
    • Idioma Português
    • ISBN 9786587233475
    • Peso do arquivo 0.53MB