• Eu não quero nem saber

    Felipe Said Bacelar

    Absurtos Editora

    Eu não quero nem saber é o livro de estreia de Felipe Said Bacelar. E, ao contrário do que o título possa sugerir, seus poemas revelam um eu lírico atento e preocupado com tudo e todos ao seu redor. São versos que certamente dialogam com diversos possíveis leitores. Há uma camada de identificação que é imediata. Cenas do cotidiano, como a louça esperando ser lavada, uma conversa entre um neto e sua avó, a satisfação de tomar um café ou o olhar de um cãozinho convivem com grandes questões sociais, como a rotina massacrante do trabalhador, a fome, o assédio sexual e a pandemia de Covid-19. É na força dos afetos, tal qual a sinceridade e a ternura de um animalzinho, e na simplicidade e na clareza dos versos, que reside a importância dessa obra.

    SOBRE O AUTOR
    Felipe Said Bacelar é advogado, coordenador de RH, casado, pai da buldogue Jade e paulista que vive no Recreio dos Bandeirantes, na cidade do Rio de Janeiro. Seu primeiro poema, Descarga, foi um dos escolhidos para compor a antologia Poesia Libertadora, obra de estreia da Absurtos Editora. A poesia era algo distante em sua vida e, ao ser selecionado, passou a se dedicar a essa modalidade de escrita. O livro Eu não quero nem saber nasceu no meio da maior crise sanitária da nossa geração, a pandemia de Covid-19.
    Ler mais Ler menos
    Oba, você já comprou esse livro! Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Você já possui este livro através da parceria Skeelo + {partner} Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Páginas 120
    Peso do arquivo 1.96MB
    Ano da publicação 2021

    Sinopse

    Eu não quero nem saber é o livro de estreia de Felipe Said Bacelar. E, ao contrário do que o título possa sugerir, seus poemas revelam um eu lírico atento e preocupado com tudo e todos ao seu redor. São versos que certamente dialogam com diversos possíveis leitores. Há uma camada de identificação que é imediata. Cenas do cotidiano, como a louça esperando ser lavada, uma conversa entre um neto e sua avó, a satisfação de tomar um café ou o olhar de um cãozinho convivem com grandes questões sociais, como a rotina massacrante do trabalhador, a fome, o assédio sexual e a pandemia de Covid-19. É na força dos afetos, tal qual a sinceridade e a ternura de um animalzinho, e na simplicidade e na clareza dos versos, que reside a importância dessa obra.

    SOBRE O AUTOR
    Felipe Said Bacelar é advogado, coordenador de RH, casado, pai da buldogue Jade e paulista que vive no Recreio dos Bandeirantes, na cidade do Rio de Janeiro. Seu primeiro poema, Descarga, foi um dos escolhidos para compor a antologia Poesia Libertadora, obra de estreia da Absurtos Editora. A poesia era algo distante em sua vida e, ao ser selecionado, passou a se dedicar a essa modalidade de escrita. O livro Eu não quero nem saber nasceu no meio da maior crise sanitária da nossa geração, a pandemia de Covid-19.
    Ler mais Ler menos

    Ficha técnica

    • Autor(a) Felipe Said Bacelar
    • Tradutor(a)
    • Gênero Poesia
    • Editora Absurtos Editora
    • Páginas 120
    • Ano 2021
    • Edição
    • Idioma Português
    • ISBN 9786586410327
    • Peso do arquivo 1.96MB