• Meu nome não é Pixote: o jovem transgressor no cinema brasileiro

    Ed Anderson Mascarenhas

    Edições Sesc SP

    Esta obra é um estudo em múltiplas camadas da forma como o jovem transgressor é retratado no cinema, em especial no Brasil. Os filmes escolhidos para balizar a pesquisa são o clássico Pixote: a lei do mais fraco, de 1980, do diretor Hector Babenco, e Meu nome não é Johnny, de 2008, do diretor Mauro Lima. Ancorado em teóricos e pensadores como Jesús Martín-Barbero, Edgar Morin, Zygmunt Bauman, Joseph Campbell e o brasileiro Ismail Xavier, Ed Anderson analisa a presença do jovem transgressor nos dois filmes, bem como o contexto social de produção e o espaço urbano como personagem em ambos. Além de analisar as duas obras em profundidade, o autor revê a produção do cinema nacional com foco na juventude ao longo dos quase trinta anos que se passaram entre seus lançamentos.
    Ler mais Ler menos
    Oba, você já comprou esse livro! Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Você já possui este livro através da parceria Skeelo + {partner} Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Páginas 224
    Peso do arquivo 5.61MB
    Ano da publicação 2018

    Sinopse

    Esta obra é um estudo em múltiplas camadas da forma como o jovem transgressor é retratado no cinema, em especial no Brasil. Os filmes escolhidos para balizar a pesquisa são o clássico Pixote: a lei do mais fraco, de 1980, do diretor Hector Babenco, e Meu nome não é Johnny, de 2008, do diretor Mauro Lima. Ancorado em teóricos e pensadores como Jesús Martín-Barbero, Edgar Morin, Zygmunt Bauman, Joseph Campbell e o brasileiro Ismail Xavier, Ed Anderson analisa a presença do jovem transgressor nos dois filmes, bem como o contexto social de produção e o espaço urbano como personagem em ambos. Além de analisar as duas obras em profundidade, o autor revê a produção do cinema nacional com foco na juventude ao longo dos quase trinta anos que se passaram entre seus lançamentos.
    Ler mais Ler menos

    Ficha técnica

    • Autor(a) Ed Anderson Mascarenhas
    • Tradutor(a)
    • Gênero Teoria e Crítica de arte
    • Editora Edições Sesc SP
    • Páginas 224
    • Ano 2018
    • Edição
    • Idioma Português
    • ISBN 9788594931290
    • Peso do arquivo 5.61MB