• O baile das quatro artes

    Mário de Andrade

    Nova Fronteira

    Faz-se necessário urgentemente que a arte retorne às suas fontes legítimas. Faz-se imprescindível que adquiramos uma perfeita consciência, direi mais, um perfeito comportamento artístico diante da vida, uma atitude estética disciplinada, apaixonadamente insubversível, livre mas legítima, severa apesar de insubmissa, disciplina de todo o ser, para que alcancemos realmente a arte. Só então o indivíduo retornará ao humano. Porque na arte verdadeira o humano é a fatalidade.
    Ler mais Ler menos
    Oba, você já comprou esse livro! Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Você já possui este livro através da parceria Skeelo + {partner} Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Páginas 176
    Peso do arquivo 0.24MB
    Ano da publicação 2012

    Sinopse

    Faz-se necessário urgentemente que a arte retorne às suas fontes legítimas. Faz-se imprescindível que adquiramos uma perfeita consciência, direi mais, um perfeito comportamento artístico diante da vida, uma atitude estética disciplinada, apaixonadamente insubversível, livre mas legítima, severa apesar de insubmissa, disciplina de todo o ser, para que alcancemos realmente a arte. Só então o indivíduo retornará ao humano. Porque na arte verdadeira o humano é a fatalidade.
    Ler mais Ler menos

    Ficha técnica

    • Autor(a) Mário de Andrade
    • Tradutor(a)
    • Gênero Teoria e Crítica de arte
    • Editora Nova Fronteira
    • Páginas 176
    • Ano 2012
    • Edição
    • Idioma Português
    • ISBN 9788520931547
    • Peso do arquivo 0.24MB