• Um certo cinema paulista: Entre o Cinema Novo e a indústria cultural (1958-1981)

    Caroline Gomes Leme

    Alameda Casa Editorial

    "O livro trata do cinema paulista de 1958 a 1981, analisando um conjunto de "cineastas do entre-lugar", mal acomodados na história do cinema brasileiro, situados entre o Cinema Novo, a Boca do Lixo, o Cinema Marginal, os cineastas "universalistas" e o grupo Farkas. Caroline Gomes Leme destrincha suas trajetórias e obras, construídas de forma assimétrica, entre o cinema de autor e a indústria cultural. Analisa sua especificidade e estabelece diálogo com outros filmes e cineastas. Seu livro torna-se referência indispensável para compreender a produção paulista e o próprio cinema brasileiro." Marcelo Ridenti
    Ler mais Ler menos
    Oba, você já comprou esse livro! Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Você já possui este livro através da parceria Skeelo + {partner} Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Páginas 417
    Peso do arquivo 0.96MB
    Ano da publicação 2020

    Sinopse

    "O livro trata do cinema paulista de 1958 a 1981, analisando um conjunto de "cineastas do entre-lugar", mal acomodados na história do cinema brasileiro, situados entre o Cinema Novo, a Boca do Lixo, o Cinema Marginal, os cineastas "universalistas" e o grupo Farkas. Caroline Gomes Leme destrincha suas trajetórias e obras, construídas de forma assimétrica, entre o cinema de autor e a indústria cultural. Analisa sua especificidade e estabelece diálogo com outros filmes e cineastas. Seu livro torna-se referência indispensável para compreender a produção paulista e o próprio cinema brasileiro." Marcelo Ridenti
    Ler mais Ler menos

    Ficha técnica

    • Autor(a) Caroline Gomes Leme
    • Tradutor(a)
    • Gênero Fotografia
    • Editora Alameda Casa Editorial
    • Páginas 417
    • Ano 2020
    • Edição
    • Idioma Português
    • ISBN 9786586081824
    • Peso do arquivo 0.96MB