• Uma história contada no céu

    Paulo Roberto Cannizzaro

    Chiado Brasil

    A República pedala com dificuldade na fúria contemporânea, sempre debilitada. Num certo dia destronou com ingratidão o seu Imperador, Pedro II, e sua Monarquia. O novo regime deixou-se afundar nas trevas. Perdeu seu rumo, e esqueceu que todo regime deve ser honesto. Num dia inesperado, na casa do céu, alguns presidentes mortos se encontram magicamente para revisitar o passado, o que parecia improvável. A princesa solta o verbo, não se conforma que seu pai monarca tenha sido condenado ao exílio. A Imperatriz morre de melancolia na volta à terra natal. O Imperador traído sucumbe num hotel de Paris. Diversos presidentes são destronados, grotescamente. A pianista pede desculpas pelo golpe dos republicanos. Rui Barbosa se arrepende também de seu apoio. A República não vinga. Golpes de Estados se repetem. Militares usurpam o poder. Do céu os Presidentes reconhecem que a nação desleixada, lá em embaixo se depravou. Políticos falastrões roubam a nação, como nunca na história desse país. Há suspeitas que alguns presidentes foram assassinados. E por que se esqueceram dessas histórias? No coração dos bons há sede de mudanças. Os desonestos serão julgados por seus atos exatamente como aconteceu no Tribunal de Osíris no Egito, e serão banidos da vida pública. O desespero dos que lutam por transformações arregimentam inspirações decentes para enterrar o velho sistema da República apodrecida, e florescer um novo tempo... e a história resiste para recuperar o futuro. Espíritos fortes, anjos missionários e protetores, voltam para salvar a nação, esses não se perdem, e vão lembrar de histórias contadas no céu.
    Ler mais Ler menos
    Pré-venda
    Este livro será lançado em
    Oba, você já comprou esse livro! Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Você já possui este livro através da parceria Skeelo + {partner} Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Páginas 460
    Peso do arquivo 1.49MB
    Ano da publicação 2021
    Tradutor(a)

    Sinopse

    A República pedala com dificuldade na fúria contemporânea, sempre debilitada. Num certo dia destronou com ingratidão o seu Imperador, Pedro II, e sua Monarquia. O novo regime deixou-se afundar nas trevas. Perdeu seu rumo, e esqueceu que todo regime deve ser honesto. Num dia inesperado, na casa do céu, alguns presidentes mortos se encontram magicamente para revisitar o passado, o que parecia improvável. A princesa solta o verbo, não se conforma que seu pai monarca tenha sido condenado ao exílio. A Imperatriz morre de melancolia na volta à terra natal. O Imperador traído sucumbe num hotel de Paris. Diversos presidentes são destronados, grotescamente. A pianista pede desculpas pelo golpe dos republicanos. Rui Barbosa se arrepende também de seu apoio. A República não vinga. Golpes de Estados se repetem. Militares usurpam o poder. Do céu os Presidentes reconhecem que a nação desleixada, lá em embaixo se depravou. Políticos falastrões roubam a nação, como nunca na história desse país. Há suspeitas que alguns presidentes foram assassinados. E por que se esqueceram dessas histórias? No coração dos bons há sede de mudanças. Os desonestos serão julgados por seus atos exatamente como aconteceu no Tribunal de Osíris no Egito, e serão banidos da vida pública. O desespero dos que lutam por transformações arregimentam inspirações decentes para enterrar o velho sistema da República apodrecida, e florescer um novo tempo... e a história resiste para recuperar o futuro. Espíritos fortes, anjos missionários e protetores, voltam para salvar a nação, esses não se perdem, e vão lembrar de histórias contadas no céu.
    Ler mais Ler menos

    Ficha técnica

    • Autor(a) Paulo Roberto Cannizzaro
    • Tradutor(a)
    • Gênero Literatura Mundial
    • Editora Chiado Brasil
    • Páginas 460
    • Ano 2021
    • Edição
    • Idioma Português
    • ISBN 9789893706367
    • Peso do arquivo 1.49MB