• Vinho, muito prazer!

    Breno de Faria

    Doc Content

    De forma abrangente e com linguagem moderna e atrativa, discorre sobre os assuntos que devem ser dominados por quem deseja ter o conhecimento básico sobre as técnicas de degustação, as bases da viticultura, a técnica de elaboração de vinhos – secos, doces, fortifi cados e espumantes –, dos principais países do Velho e do Novo Mundo, e noções de vinho e saúde. O mundo do vinho pode parecer, à primeira vista, muito assustador. A bebida é nobre, apreciada e valorizada é, também, plural, diversificado, heterogêneo: diz-se que não há uma garrafa igual à outra. Cultuado e sábios nunca afirmam que "entendem muito de vinho"; preferem dizer que "têm estudado bastante". Alguns falsários gostam de rotular-se "entendidos"; autointitulam-se sommeliers, escanções, enólogos... Usam palavras rebuscadas e inacessíveis que eles próprios não têm ideia do que significam. Degustar vinho não tem mistério nem qualquer coisa de místico. O extenso conhecimento enológico que a humanidade desenvolveu por milênios não pode ofuscar a premissa primordial: vinho é, tão somente, uma bebida. Muita gente é apresentada ao vinho sentindo-se a anos-luz dos ditos "conhecedores", frequentemente receosa de entrar nessa estrada por vergonha de uma suposta ignorância frente a um verdadeiro mito. A alma deste livro é desconstruir essa ideia. O vinho não pode ser encarado como religião. Sua apreciação não é um culto com regras fixas de liturgia. Vinho é prazer, desfrute de aromas e paladares (é também saúde, como veremos). Não há uma forma certa ou errada de apreciá-lo; as ditas "regras" não passam de dicas, acumuladas ao longo de milênios, transmitidas de geração a geração e que nos orientam sobre como aproveitar melhor os prazeres que essa bebida pode oferecer. O curioso desbravador que se aventurar pelas páginas que compõem este livro encontrará um ambiente acolhedor. A linguagem utilizada é acessível e o método de transmiti-la é o mais didático possível, com marcos e referências nas passagens importantes. Os cartoons estilizados chamam a atenção do leitor sempre que houver uma dica ou uma informação relevante. Há fichas técnicas de degustação, roda de aromas e fotos de referência de cores de vinhos, em anexos destacáveis, que permitem que o novo enófilo as leve consigo para consulta e/ou faça cópias para compilar seu próprio catálogo de degustação.
    Ler mais Ler menos
    Oba, você já comprou esse livro! Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Você já possui este livro através da parceria Skeelo + {partner} Acesse o App e aproveite a leitura 😁
    Páginas 150
    Peso do arquivo 42.10MB
    Ano da publicação 2017

    Sinopse

    De forma abrangente e com linguagem moderna e atrativa, discorre sobre os assuntos que devem ser dominados por quem deseja ter o conhecimento básico sobre as técnicas de degustação, as bases da viticultura, a técnica de elaboração de vinhos – secos, doces, fortifi cados e espumantes –, dos principais países do Velho e do Novo Mundo, e noções de vinho e saúde. O mundo do vinho pode parecer, à primeira vista, muito assustador. A bebida é nobre, apreciada e valorizada é, também, plural, diversificado, heterogêneo: diz-se que não há uma garrafa igual à outra. Cultuado e sábios nunca afirmam que "entendem muito de vinho"; preferem dizer que "têm estudado bastante". Alguns falsários gostam de rotular-se "entendidos"; autointitulam-se sommeliers, escanções, enólogos... Usam palavras rebuscadas e inacessíveis que eles próprios não têm ideia do que significam. Degustar vinho não tem mistério nem qualquer coisa de místico. O extenso conhecimento enológico que a humanidade desenvolveu por milênios não pode ofuscar a premissa primordial: vinho é, tão somente, uma bebida. Muita gente é apresentada ao vinho sentindo-se a anos-luz dos ditos "conhecedores", frequentemente receosa de entrar nessa estrada por vergonha de uma suposta ignorância frente a um verdadeiro mito. A alma deste livro é desconstruir essa ideia. O vinho não pode ser encarado como religião. Sua apreciação não é um culto com regras fixas de liturgia. Vinho é prazer, desfrute de aromas e paladares (é também saúde, como veremos). Não há uma forma certa ou errada de apreciá-lo; as ditas "regras" não passam de dicas, acumuladas ao longo de milênios, transmitidas de geração a geração e que nos orientam sobre como aproveitar melhor os prazeres que essa bebida pode oferecer. O curioso desbravador que se aventurar pelas páginas que compõem este livro encontrará um ambiente acolhedor. A linguagem utilizada é acessível e o método de transmiti-la é o mais didático possível, com marcos e referências nas passagens importantes. Os cartoons estilizados chamam a atenção do leitor sempre que houver uma dica ou uma informação relevante. Há fichas técnicas de degustação, roda de aromas e fotos de referência de cores de vinhos, em anexos destacáveis, que permitem que o novo enófilo as leve consigo para consulta e/ou faça cópias para compilar seu próprio catálogo de degustação.
    Ler mais Ler menos

    Ficha técnica

    • Autor(a) Breno de Faria
    • Tradutor(a)
    • Gênero Vinhos e Bebidas
    • Editora Doc Content
    • Páginas 150
    • Ano 2017
    • Edição
    • Idioma Português
    • ISBN 9786587679006
    • Peso do arquivo 42.10MB